marcador de título

Notícias

 

Fazer natação desde pequeno ensina sobre respeito, cooperação e amizade

14/01/2017
Como explica a educadora física Paula Toyansk, gerente nacional de natação da rede de academias Bodytech, embora traga uma série de benefícios e técnicas que somam para a evolução do mini-atleta, para crianças, a prática precisa ser em forma de brincadeira. “As aulas para as crianças independente da modalidade esportiva devem ser prazerosas e lúdicas. A atividade física lúdica estimula muito mais do que podemos imaginar. Através das brincadeiras, a criança aprende a relacionar-se melhor, a respeitar as diferenças, a competir, a cooperar e o mais importante, a se divertir. Brincar na infância é coisa séria e é muito importante”, comenta.
Nas aulas, que duram entre 40 a 45 minutos, a criança, pouco a pouco, vai aprendendo novos exercícios e evoluindo no esporte. “Para otimizar a aprendizagem e o desenvolvimento de cada criança, as aulas são organizadas em quatro níveis: adaptação, iniciação, aperfeiçoamento e avançado. Cada nível tem seus objetivos gerais e específicos que são trabalhados pelos professores em cada aula. A criança muda de nível quando ela consegue realizar todos os objetivos de forma segura e com a técnica correta de movimentos”, explica.

Como escolher a academia certa

Na hora de matricular o pequeno na natação, vale ficar atento a alguns detalhes. Os primeiros deles dizem respeito a estrutura do local, que envolve temperatura e limpeza das piscinas e higienização de todos os outros espaços, como vestiários.
No entanto, o aspecto mais importante, de acordo com Paula, é a formação dos profissionais. “A natação é uma excelente modalidade, assim como ballet, judô, capoeira, etc. Porém, como ela é realizada geralmente em piscinas de 1,40 m, as crianças não alcançam o chão e, por isso, os profissionais devem tomar cuidado com o risco de afogamento. Para evitar qualquer acidente, é necessário que o professor use uma dinâmica adequada de aula e supervisione os alunos em todos os momentos”, alerta.


Outras Notícias